Com substituição gradativa do papel comum por reciclado, Dr. Sandro propõe gestão ambiental ao ExecutivoCom a proposta de auxiliar a administração municipal com projetos e ações que tratam da boa gestão ambiental do município, o vereador democrata Sandro Hoici defende a substituição gradativa de papel comum por reciclado e não clorado nos materiais de expediente e publicações, em todas as unidades públicas subordinadas ao Poder Público Municipal.

A defesa e preservação do meio ambiente pautam a justificativa da indicação, aprovada por unanimidade pela Câmara, em Sessão Ordinária desta segunda-feira (24). “Devemos considerar que o Poder Executivo, nos seus vários níveis e serviços, pode contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de responsabilidade ambiental e cidadania, aferíveis não só pela prática, mas também pelo exemplo”, argumenta o parlamentar.

De acordo com o autor da proposta, com a adoção do uso do papel reciclado e não clorado nos materiais de expediente e publicações, o Poder Executivo, pelo seu peso e responsabilidade, assume um importante protagonismo na difusão de medidas de impacto ambiental positivo, tornando-se referência frente às demais instituições e aos cidadãos.

“Hoje o papel reciclado, devido ao constante aperfeiçoamento tecnológico, substitui o papel branco e clorado sem nenhuma defasagem do ponto de vista da qualidade e do tempo de trabalho e manuseio. No aspecto econômico, a diferença de preços é pouco relevante em relação a sustentabilidade ambiental que esta sugestão oferece”, defende.

Veja também:

  1. Dr. Sandro solicita adoção de Papel Reciclado na Câmara Municipal
  2. Dr.Sandro quer adoção de papel reciclado também na prefeitura
  3. Dr. Sandro incentiva uso de papel reciclado
  4. Com foco na preservação ambiental, Dr. Sandro propõe substituição de copos descartáveis
  5. Dr. Sandro propõe que Câmara substitua copos descartáveis por reutilizáveis