Meu nome é Sandro Roberto Hoici, médico urologista a 17 anos em Nova Andradina, eleito vereador em 2008 e reeleito em 2012. Criei este blog para tratar de assuntos de saúde e também prestar contas sobre meu trabalho na Câmara Municipal.

Destaque

Campanha Saco é um Saco

Campanha

Saco é um saco


Participe você também!

Citação

“Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.”
por Oscar Wilde

Administração Pública

06
jun

Programa busca subsidiar material escolar de crianças em situação de vulnerabilidade

Iniciativa visa contemplar estudantes matriculados na rede municipal de ensino de Nova Andradina

Programa busca subsidiar material escolar de crianças em situação de vulnerabilidadeO vereador Dr. Sandro Hoici (DEM) apresentou à Prefeitura de Nova Andradina proposta para a criação de um programa de subsídio de material escolar às crianças oriundas de famílias de baixa renda, devidamente matriculadas na rede municipal de ensino.

A indicação, apresentada durante a última sessão ordinária deliberativa da Câmara de Vereadores, reitera outras duas propostas já oficializadas pelo parlamentar, uma em 2010 e outra em 2013, mas que, apesar da necessidade, ainda não foram desenvolvidas pelo poder público.

“A ideia original culminou da indicação nº 422/2009. À época, em resposta, nos foi informado que o Executivo já realizava esse tipo de subsídio, entretanto, através de pesquisas, constatamos que não há normas estabelecidas para essa concessão e que ela ainda se sucede em caráter excepcional”, salientou o vereador.

Na indicação recém-apresentada, o parlamentar reafirmou “que é necessária a criação de um programa onde sejam estabelecidas regras claras e orçamento específico, para que não haja dúvidas quanto ao critério de escolha, bem como para beneficiar um maior número de crianças carentes”.

06
jun

Ação social com foco em orientações jurídicas pauta indicação na Câmara

Ação social com foco em orientações jurídicas pauta indicação na CâmaraEm sessão ordinária da Câmara, o vereador Dr. Sandro Hoici (DEM) reiterou indicação para que Nova Andradina seja contemplada com ação social voltada à orientação jurídica à população mais carente.

De acordo com a proposta, a iniciativa consiste na parceria de instituições como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Faculdade de Direito da Uniesp em Nova Andradina e Prefeitura.

A indicação, já apresentada em 2014, corresponde uma demanda verificada com profissionais da área. “Muitas vezes, a procura ocorre apenas para que sejam sanadas pequenas dúvidas entre outras orientações mais simples”, expôs.

Ainda segundo o vereador, “esta indicação visa à formalização de parceria entre Prefeitura, Ordem dos Advogados do Brasil e também a Faculdade de Direito de Nova Andradina, para que juntos realizem estas orientações”.

Hoici sugeriu ainda para que o Executivo ceda um espaço como forma de proporcionar infraestrutura nos bairros onde fossem realizados os atendimentos, enquanto a Uniesp disponibilizaria estagiários supervisionados por professores e membros da OAB.

15
mai

Câmara cobra mais segurança para ESFs de Nova Andradina

Proposta foi apresentada pelo vereador Dr. Sandro Hoici

Câmara cobra mais segurança para ESFs de Nova AndradinaPor meio de indicação apresentada pelo vereador Dr. Sandro Hoici (DEM), a Câmara Municipal cobrou mais segurança para as unidades de Estratégia Saúde da Família (ESF) de Nova Andradina.

“Atualmente, vivenciamos arrombamentos e furtos em vários locais, inclusive às repartições públicas mais vulneráveis. Assim, sugerimos essas medidas preventivas para que se evite a ocorrência de novos delitos”, salientou o vereador.

Diante das dificuldades financeiras que atravessam os municípios, o parlamentar sugeriu a implantação de forma gradativa, priorizando áreas de maiores riscos, como as ESFs, para que, posteriormente, seja desenvolvido em todas as repartições.

A proposta foi aprovada por unanimidade e encaminhada para providências do prefeito Gilberto Garcia (PR), com cópias aos secretários municipais Norberto Fabri Júnior (Saúde) e Walter Fernandes (Finanças e Gestão).

27
abr

Com substituição gradativa do papel comum por reciclado, Dr. Sandro propõe gestão ambiental ao Executivo

Com substituição gradativa do papel comum por reciclado, Dr. Sandro propõe gestão ambiental ao ExecutivoCom a proposta de auxiliar a administração municipal com projetos e ações que tratam da boa gestão ambiental do município, o vereador democrata Sandro Hoici defende a substituição gradativa de papel comum por reciclado e não clorado nos materiais de expediente e publicações, em todas as unidades públicas subordinadas ao Poder Público Municipal.

A defesa e preservação do meio ambiente pautam a justificativa da indicação, aprovada por unanimidade pela Câmara, em Sessão Ordinária desta segunda-feira (24). “Devemos considerar que o Poder Executivo, nos seus vários níveis e serviços, pode contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de responsabilidade ambiental e cidadania, aferíveis não só pela prática, mas também pelo exemplo”, argumenta o parlamentar.

De acordo com o autor da proposta, com a adoção do uso do papel reciclado e não clorado nos materiais de expediente e publicações, o Poder Executivo, pelo seu peso e responsabilidade, assume um importante protagonismo na difusão de medidas de impacto ambiental positivo, tornando-se referência frente às demais instituições e aos cidadãos.

“Hoje o papel reciclado, devido ao constante aperfeiçoamento tecnológico, substitui o papel branco e clorado sem nenhuma defasagem do ponto de vista da qualidade e do tempo de trabalho e manuseio. No aspecto econômico, a diferença de preços é pouco relevante em relação a sustentabilidade ambiental que esta sugestão oferece”, defende.

27
abr

Dr. Sandro questiona regulamentação de lei sobre redução de consumo de água

Dr. Sandro questiona regulamentação de lei sobre redução de consumo de águaO vereador Dr. Sandro Hoici (DEM) apresentou requerimento em que questiona a regulamentação da lei municipal nº 817, de 19 de Junho de 2009, que dispõe sobre a instalação de sistemas, equipamentos ou dispositivos hidráulicos nas edificações não-residenciais de uso público, visando o controle e a redução do consumo de água.

O documento foi aprovado por unanimidade pelos vereadores e encaminhado ao prefeito Gilberto Garcia (PR). “Este requerimento se faz necessário para entender os reais motivos para a referida lei ainda não ter sido regulamentada”, justificou o parlamentar.

Entre outros benefícios, de acordo com o Sandro Hoici, a legislação contribuiria com o consumo inteligente e racional de água nas edificações privadas e públicas de uso coletivo. “Além disso, a execução desta lei geraria grande economia ao erário público no consumo de água”, completou.

Segundo o vereador, os investimentos nos equipamentos hidráulicos serão compensados em médio prazo através da redução na conta de água. As edificações de uso público que já estão em funcionamento, por sua vez, teriam um prazo de cinco anos para a adequação destes dispositivos a partir da regulamentação da lei.