Meu nome é Sandro Roberto Hoici, médico urologista a 17 anos em Nova Andradina, eleito vereador em 2008 e reeleito em 2012. Criei este blog para tratar de assuntos de saúde e também prestar contas sobre meu trabalho na Câmara Municipal.

Destaque

Campanha Saco é um Saco

Campanha

Saco é um saco


Participe você também!

Citação

“Prefiro perder a guerra e ganhar a paz.”
por Bob Marley

Cultura

07
out

Projeto para resgate da história de Nova Andradina é solicitado por Dr.Sandro

Moura Andrade      Resgatar a histórica local e valorizar a cultura guardada na memória dos pioneiros que ajudaram a construir o município, este é o objetivo da indicação do vereador Dr.Sandro apresentada na última Sessão Ordinária da Câmara Municipal.

     A proposta é criar um projeto educacional multidisciplinar para coletar, transcrever, organizar e divulgar relatos orais de fatos vivenciados por pioneiros do município. Dr.Sandro justifica que a preservação da história envolve muito mais que o arquivamento de objetos materiais, como fotos e relíquias, e completa: “A história é construída por seres humanos, e a partir da narrativa deles podemos obter um rico material capaz de auxiliar na compreensão do passado”.

     Além do resgate histórico, o projeto tem como objetivo a preservação da memória e identidade cultural Nova Andradinense, além de valorizar a interação dos jovens com os idosos. “Muitas vezes as inovações tecnológicas e os novos costumes criam um distanciamento dos jovens com os idosos. Quero incentivar uma mudança cultural que reaproxime as gerações, resgatando e enriquecendo as trocas de experiências” conclui Dr.Sandro.

19
set

ACENA comemora 50 anos de fundação

Na manhã deste domingo (19/09), aconteceu a comemoração dos 50 anos de fundação da ACENA (Associação Cultural e Esportiva Nova Andradina), entidade fundada em 18 de setembro de 1960 por imigrantes e descendentes de japoneses, com o objetivo de preservar a cultura, costumes e tradições do Japão.

O evento foi realizado na sede da entidade, onde foram homenageados várias pessoas que fizeram parte da história da entidade, com especial destaque a um de seus membros fundadores, o Sr. Shoji Shirota. A atual Diretoria, liderada pelo Sr. Massakazu Azuma, também homenageou todos os sócios com mais de 80 anos de idade.

Para marcar a história, foi descerrado placa comemorativa dos 50 anos e também inaugurada galeria dos ex-presidentes.

Dr.Sandro prestou homenagem à comunidade entregando, ao presidente da entidade, uma cópia da lei que institui o Dia da Comunidade Japonesa, que será comemorado todo dia 18 de junho.

Após a solenidade, foi oferecido aos convidados almoço com comida típica japonesa, em seguida, shows e danças tradicionais finalizaram o evento.

acena-comemora-50-anos-01Dr.Sandro presta homenagem à comunidade japonesa

22
jun

Projeto de Dr. Sandro institui dia da Comunidade Japonesa

Cultura Japonesa Divulgar a cultura japonesa e fomentar a integração desta comunidade por meio de exposições, oficinas, serviços e atrações artísticas. É com este propósito que o vereador democrata Dr. Sandro Hoici apresentou em sessão ordinária, o Projeto de Lei que institui o Dia Municipal da Comunidade Japonesa.

Segundo o autor do projeto, que estabelece o dia 18 de junho para a comemoração, a comunidade representa também desbravamento, superação, dedicação, integração, crescimento e amor à pátria brasileira. “Queremos agradecer a comunidade japonesa do nosso município e dizer que sua chegada aqui não foi diferente da maior colônia de japoneses que aportaram em Santos, em 1908”, defende ao esclarecer que a instituição da data fará parte do calendário escolar, cultural e turístico de Nova Andradina.

Atualmente, o Brasil abriga a maior comunidade japonesa fora do Japão. Representa 1,5 milhão de nikkeis-japoneses e seus descendentes, que se somaram como irmãos dos brasileiros, mesclando raças, costumes e objetivos bem delineados, contribuindo para o Brasil alcançar um desenvolvimento harmônico e pujante perante os outros países.

13
out

Dr.Sandro participa do 1º Encontro de História do Vale do Ivinhema

Destacando a iniciativa da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul de estudar a história dos povos da região do Vale do Ivinhema, o vereador Dr.Sandro Hoici representou a Câmara Municipal de Nova Andradina, na abertura oficial do 1º Encontro de História do Vale do Ivinhema.

Segundo o parlamentar, a Câmara de Nova Andradina sempre apoiará as iniciativas culturais e históricas. “Iniciativa como esta, que visa estudar a história dos povos da região só trazem benefícios para o futuro. É conhecendo o passado que se constrói o futuro”, afirmou.

O 1º Encontro de História do Vale do Ivinhema foi aberto oficialmente no domingo (11/10) na Câmara Municipal de Nova Andradina, iniciando com apresentação da Banda Marcial Getúlio Vargas, e com a participação do professor Dr.Paulo Roberto Cimo Queiroz, que abordou o tema “Mato Grosso do Sul: a criação do Estado e as elites sulistas”. Com o tema “História local, história global”, o encontro de história acontece até o dia 17 de outubro, com a realização de minicursos, conferências e mesas redondas.

1º Encontro de História do Vale do Ivinhema 1º Encontro de História do Vale do Ivinhema

04
out

Audiência Pública de cotas para negros em concurso público municipal

Dr.Sandro participou da Audiência Pública ocorrida na noite de terça-feira (29/09), no anfiteatro da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul, de iniciativa dos vereadores Vicente Lichoti e Mário Ferreira de Oliveira, onde foi discutido a implantação de cotas para negros em concursos públicos municipais, que também contou com a presença do Presidente da Câmara Adriano Palopoli, de Maria Felix, membro do Movimento Negro de Nova Andradina e cotista, do Deputado Estadual Amarildo Cruz, da professora da UEMS, Maria José de Jesus Alves Cordeiro, além de professores universitários e acadêmicos.

A proposta é instituir a lei de cotas em caráter municipal, nos mesmos moldes da lei estadual, que já está em vigor desde dezembro do ano passado. Conforme o decreto estadual, a previsão de reserva de vagas oferecidas para negros entre os candidatos aprovados deverá constar nos editais dos concursos públicos. De acordo com a Secretaria de Estado de Administração, no último concurso estadual, cerca de 220 candidatos se inscreveram pelo programa de reserva de vagas.

Segundo Dr.Sandro, o problema da discriminação dos negros é cultural, e não é possivel voltar séculos atrás para reparar os erros dos nossos antepassados, onde as cotas para negros não é a solução ideal, mas a maneira mais democrática para minimizar as diferenças.

Audiencia Publica Cotas Negros