Meu nome é Sandro Roberto Hoici, médico urologista a 17 anos em Nova Andradina, eleito vereador em 2008 e reeleito em 2012. Criei este blog para tratar de assuntos de saúde e também prestar contas sobre meu trabalho na Câmara Municipal.

Destaque

Campanha Saco é um Saco

Campanha

Saco é um saco


Participe você também!

Citação

“A força não provém da capacidade física e sim de uma vontade indomável.”
por Ghandi

Notícias

17
mar

PAC: OBRAS ATRASADAS E PARADAS

emPACado

Um levantamento realizado pelo Instituto Trata Brasil em 27 municípios brasileiros com mais de 500 mil habitantes aponta que 54 das 96 obras de saneamento básico do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) financiadas pela Caixa Econômica Federal (CEF) e pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) não foram iniciadas (27), estão atrasadas (24) ou foram paralisadas (3). Apenas 42 obras estão com o andamento normal ou adiantadas – o que representa 43,75% do total de obras -, segundo a pesquisa do Trata Brasil, uma organização da sociedade civil de interesse público (Oscip) apoiada por diversas empresas com investimentos no ramo de saneamento básico. O instituto não definiu o status de uma obra. Os dados do levantamento foram obtidos junto à CEF e ao BNDES e correspondem ao período de fevereiro de 2007 até o início de março deste ano. Clique aqui e saiba mais

13
mar

Forro desaba na Câmara Municipal

Terça (10/03), por volta das 16h, parte do forro do hall de entrada da Câmara Municipal de Nova Andradina desabou em decorrencia das infiltrações de águas das chuvas, essas que envolvem praticamente o prédio todo, e por pouco não causou acidente com funcionários que estavam no local. O novo prédio da Câmara Municipal foi inaugurada a pouco menos de um ano na gestão anterior, e custou 1,3 milhões.

Em reunião junto com os vereadores, os responsáveis pela obra se comprometeram em reparar todos os problemas, sem qualquer ônus para a Câmara Municipal.

Forro Camara Desaba 001 Forro Camara Desaba 002

11
mar

Incompetência faz Lula devolver ao BID US$ 57 mi de saneamento

Por Lisandra Paraguassú, no Estadão:

Apesar de o País ter 47,5 milhões de brasileiros sem acesso a coleta de esgoto e 19 milhões viverem sem água tratada, o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu na semana passada devolver R$ 134 milhões (US$ 57 milhões) ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e acabar com o Programa de Ação Social em Saneamento (PASS). Assinado em 2004, o contrato de financiamento previa – com a contrapartida do Orçamento brasileiro – investimentos totais de R$ 224,4 milhões (US$ 95,5 milhões) para atender 129 municípios. Em quatro anos o governo conseguiu usar o dinheiro do BID em uma única cidade, Limoeiro do Norte (CE), e realizar licitações em apenas outras duas. Leia mais aqui