Meu nome é Sandro Roberto Hoici, médico urologista a 17 anos em Nova Andradina, eleito vereador em 2008 e reeleito em 2012. Criei este blog para tratar de assuntos de saúde e também prestar contas sobre meu trabalho na Câmara Municipal.

Destaque

Campanha Saco é um Saco

Campanha

Saco é um saco


Participe você também!

Citação

“A vida é um eco. Se você não está gostando do que está recebendo, observe o que está emitindo.”
por Lair Ribeiro

Urologia

26
set

CÂNCER DE PÊNIS

image

 

 

 

Dr.Sandro Roberto Hoici – Médico Urologista da Rede Municipal de Saúde de Nova Andradina – site drsandro.org

 

O Câncer de Pênis corresponde a 2% dos tumores urológicos malignos, que se desenvolve em geral, a partir dos 40 anos.

Fatores de risco

São fatores de risco:

1) fimose que impede a exposição da glande (cabeça do pênis) por causa do estreitamento do prepúcio (a pele que reveste a glande);

2) acúmulo de esmegma (secreção branca resultante da descamação celular);

3) higiene local precária;

4) falta de informação;

5) má situação socioeconômica e educacional das pessoas, em geral moradoras das regiões mais carentes.

Dados epidemiológicos revelam que a infecção pelo HPV (papilomavírus humano, principalmente pelos tipos 16 e 18), pode estar entre as causas do câncer de pênis.

Segundo pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia, embora grande número de casos tratados de câncer de pênis esteja concentrados em São Paulo, a maioria dos pacientes veio dos estados do Norte e Nordeste.

Sintomas

O sintoma mais comum é o aparecimento de uma ferida avermelhada, que não cicatriza, ou de um pequeno nódulo, na glande, no prepúcio ou no corpo do pênis. Inicialmente, essas lesões podem não doer, o que retarda o diagnóstico.

Outros sintomas são manchas esbranquiçadas ou perda de pigmentação na glande, presença de esmegma com cheiro forte e de gânglios inguinais inchados na virilha.

Placas vermelho-vivo, bem delimitadas são típicas da eritroplasia de Queyrat e podem ser consideradas lesões pré-malignas que evoluirão para câncer de pênis, se não forem devidamente diagnosticadas e tratadas.

Diagnóstico

O exame clínico e o resultado da biópsia são elementos fundamentais para o diagnóstico de um tumor maligno no pênis.  Quanto mais precocemente ele for feito, melhor será a resposta ao tratamento. O problema é que, por falta de informação ou constrangimento, muitos homens demoram a procurar atendimento médico, quando notam alguma alteração no pênis e deixam de tratar uma doença que pode ter cura.

Prevenção

A prevenção do câncer de pênis está diretamente associada a três princípios básicos:

1) higiene diária com água e sabão, especialmente na hora do banho e depois das relações sexuais;

2) cirurgia de fimose, quando a pele do prepúcio inviabiliza a exposição da glande e a higiene adequada da região;

3) uso de preservativos nas relações sexuais.

Tratamento

O esquema de tratamento do câncer de pênis é diretamente determinado pela gravidade e extensão da doença. Nas lesões iniciais, o tumor e uma pequena parte dos tecidos ao redor podem ser removidos cirurgicamente ou por ressecção a laser. A preocupação é sempre preservar a maior quantidade possível do tecido peniano, de forma a manter as funções sexuais e urinárias.

A remoção completa do pênis e dos gânglios inguinais só é indicada nas fases mais avançadas da doença.

Recomendações

* Ensine as crianças, desde pequenas, a maneira adequada de fazer a higiene intima todos os dias;

* Saiba que a cirurgia de fimose, ou circuncisão, para remover a pele do prepúcio que impede a exposição da glande e dificulta a higiene do local é simples e não requer internação hospitalar. Homens circuncidados estão mais protegidos contra o câncer de pênis;

* Não se descuide. O autoexame do pênis e das áreas ao redor é um passo importante para localizar lesões iniciais, fazer os diagnóstico e introduzir o tratamento;

* Use camisinha nas relações sexuais;

* Não adie a visita ao médico se notar qualquer alteração no pênis.

CAMPANHAS DE PREVENÇÃO

A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) lançou a campanha CÂNCER DE PÊNIS ZERO, (http://www.sbu.org.br/?campanha-penis). Sendo escolhida a data de 26 a 29 de Setembro.

A prevenção ainda é o melhor remédio.

Fontes: http://www.sbu.org.br; http://drauziovarella.com.br/.

23
nov

Dr.Sandro participa do 32º Congresso Brasileiro de Urologia

Aconteceu durante os dias 7 a 11 de novembro, na cidade de Goiania-GO, o 32º Congresso Brasileiro de Urologia, onde reuniu cerca de 4 mil profissionais urologistas de todo o Brasil e vários internacionais, sendo o maior evento nacional nessa especialidade, e o 3º a nível mundial, ficando atrás apenas do congresso americano e do europeu.

O evento realizado pela Sociedade Brasileira de Urologia foi norteado com o tema central “A Saúde do Homem”, onde foram realizados vários simpósios e apresentados vários trabalhos científicos nas áreas de oncologia, uropediatria, incontinência urinária, andrologia, litíase, endourologia, laparoscopia e cirurgia robótica.

A Sociedade Brasileira de Urologia é a classe que mais pressiona o Ministério da Saúde para a implantação da política de saúde do homem, que através de vários fóruns políticos iniciados em 2004, obtiveram essa conquista atravez da portaria 1.944 de 27 de agosto de 2009, que é o pontapé inicial para a efetiva aplicação dessa política.

“Considero essencial a renovação contínua do conhecimento, sempre atento às novas técnicas e avanços tecnológicos na medicina. Como médico, acompanho diariamente os problemas que afligem a população masculina, e estou lutando para a agilização na implantação da política de saúde do homem em nosso município, que é um passo fundamental para o enfrentamento das mazelas que afligem o homem.”, afirma Dr.Sandro.

CONGRESSO DE UROLOGIA GOIANIA 2009 010

22
jul

Campanha Nacional de Combate ao Câncer de Pênis

campanha nacional combate cancer penis A partir do dia 20 de julho, a Sociedade Brasileira de Urologia realiza a II Campanha Nacional de Combate ao Câncer de Pênis que este ano também aborda todas as doenças urológicas que acometem os homens em todas as faixas etárias. Assim como em 2007, quando houve a primeira campanha, o ex-jogador de futebol Zico é novamente o padrinho da iniciativa. Aqui no site além das dúvidas abaixo sobre a doença, você também encontra um programa em vídeo, chamado Cidadão Saudável, sobre o câncer de pênis com entrevista com o diretor da SBU e professor da Universidade Federal do Maranhão, Dr. José de Ribamar Calixto, e um vídeo exclusivo com o Zico contando como ele cuida de sua saúde.

Jogue limpo com o seu amigo!

 

Lave o pênis diariamente com água e sabão principalmente após relações sexuais.

 

 

 

    

Dúvidas

- O que é o câncer de pênis?
Um tumor que acomete o órgão sexual masculino. Pode começar como uma ferida que não se cicatriza. É raro em países desenvolvidos, no Brasil há casos em todos os estados, com grande incidência nas regiões Norte e Nordeste. Na região de  Nova Andradina e municípios vizinhos, as estatísticas demonstram o aparecimento de aproximadamente 3 casos por ano.

- Quais são as suas causas?
Suas causas estão relacionadas à irritação crônica da glande (cabeça do pênis) por má higiene, fimose ou doenças sexualmente transmissíveis como o HPV. O esmegma, que é uma secreção das glândulas do pênis, pode ser irritante e pode ajudar no desenvolvimento do câncer. Por isso é importante a limpeza do órgão após relações sexuais.

- O que é fimose?
É a impossibilidade de retrair o prepúcio, ou seja, de puxar para trás a pele que recobre a cabeça do pênis.

- É possível prevenir a doença?
Sim. É um dos poucos cânceres que pode ser evitado. É preciso lavar o pênis diariamente com água e sabão, principalmente após relações sexuais ou masturbação. Ensinar ao menino, desde cedo, como fazer a higiene do pênis (é preciso puxar o prepúcio para trás e limpar a glande). Durante o banho, puxe a pele e verifique se há alguma lesão na região.

- Quais são os sintomas do câncer de pênis?
Ferimentos que não cicatrizam mesmo após tratamento médico; caroços que não desaparecem mesmo após tratamento e que apresentam secreções e mau cheiro; vermelhidão ou coceira duradouras na glande (cabeça do pênis); manchas esbranquiçadas ou perda de pigmentação em áreas do pênis; surgimento de tumores no pênis ou na virilha (íngua).

- Como é o tratamento?
É cirúrgico. Dependendo do estadiamento será adotado um procedimento. Quanto mais cedo o diagnóstico, menor a mutilação.

- É possível reconstruir o pênis caso seja necessária a amputação?
Dependendo do caso sim, por meio de enxerto do antebraço e coxa.

- Quem eu devo procurar?
Um médico urologista.

Vídeo da Campanha

13
mai

Dr. Sandro ministra palestra sobre saúde da próstata

Dr. Sandro ministrou ontem (12/05), a convite do diretor Acácio Sampaio, palestra sobre saúde da próstata para professores, funcionários e  alunos do turno noturno da Escola Nair Palácio de Souza.

Foi dado explicação sobre a função da próstata, sobre o tabu relacionado ao exame de toque, as principais doenças que atingem a próstata e seus sintomas, dentre elas o câncer de próstata, que é a maior causa de morte no homem.

No final da palestra, foram dadas várias recomendações para uma vida mais saudável e  também foram respondidas várias perguntas relacionadas ao tema.

Palestra Saude da Prostata (12.05.2009) 001 Palestra Saude da Prostata (12.05.2009) 002 Palestra Saude da Prostata (12.05.2009) 010 Palestra Saude da Prostata (12.05.2009) 012