DiaMundialDiabetes

O tema do Dia Mundial do Diabetes para o período de 2009-2013 é Diabetes: Educar para Prevenir. A campanha quer chamar a atenção de quem está envolvido direta ou indiretamente nos cuidados com diabetes. Para que a prevenção, a educação e o tratamento sejam eficientes, além do comprometimento do paciente, é necessário que a família, a comunidade e os profissionais de saúde se envolvam na causa.

Para as pessoas com diabetes, esta é uma mensagem sobre o poder da informação através da educação. Para os governos, é um alerta para implantar estratégias eficientes, além de políticas de prevenção e de monitoramento do diabetes para resguardar a saúde dos cidadãos com diabetes ou em risco de ter. Para profissionais de saúde, é uma chamada para melhorar o conhecimento, de modo que as recomendações, baseadas em evidências, sejam colocadas em prática. Para o público em geral, é uma oportunidade para entender o impacto do diabetes na saúde e saber, na medida do possível, como evitar ou retardar o aparecimento da doença e suas complicações.

Prevenção

O diabetes tipo 1 ainda não pode ser prevenido, mas isto é possível, em muitos casos, no diabetes tipo 2, bastando manter um peso saudável e um corpo fisicamente ativo.
De acordo com as estatísticas da IDF (International Diabetes Federation), atualmente o número  de pessoas com diabetes tipo 2 já supera os 250 milhões. Se nenhuma atitude eficiente de prevenção for tomada, estima-se que o número total de pessoas com diabetes em 2025 alcançará os 380 milhões.
Além de garantir o bem-estar dos pacientes, a prevenção também evitará uma sobrecarga nos sistemas de saúde. O investimento em programas de educação gerará uma importante economia a longo prazo, bem como resultados na qualidade de vida das pessoas com diabetes e dos pacientes de alto risco.

Atenção aos Sintomas

    •  Urinar com frequência
    •  Sede excessiva
    •  Fome aumentada
    •  Perda de peso
    •  Cansaço
    •  Falta de concentração e de interesse em atividades rotineiras
    •  Vômitos e dores de estômago (frequentemente confundidas com gripe)
    •  Sensação de formigamento ou torpor nas mãos e pés
    •  Visão embaçada
    •  Infecções frequentes
    •  Feridas de difícil cicatrização

    Se você tem alguns desses sintomas, consulte seu médico

Fatores de Riscos

Existem muitos fatores de risco para o diabetes tipo 2:

•  Obesidade e sobrepeso
•  Falta de atividade física
•  Intolerância à glicose identificada por exames
•  Hábitos alimentares não saudáveis
•  Idade avançada
•  Pressão e colesterol altos
•  Histórico familiar de diabetes
•  Histórico de diabetes gestacional
•  Etnia: asiáticos, hispânicos, indígenas  e afrodescendentes

Se você tem risco de desenvolver diabetes tipo 2, solicite um exame a seu médico!

Veja também:

  1. Dia Mundial do Diabetes–Previna-se
  2. 17 de Novembro | Dia Mundial do Combate ao Câncer da Próstata
  3. Realizada 6ª etapa da Campanha de Prevenção a Diabetes, Hipertensão e Obesidade
  4. Dia mundial de luta contra a AIDS
  5. Dia Mundial de Combate a AIDS 2010