Permanência de animais é vetada em locais onde se manipulem, beneficiem, preparem, vendam ou fabriquem produtos alimentícios

O vereador Dr. Sandro Hoici apresentou em sessão ordinária desta segunda-feira (22), Projeto de Lei Ordinária que dispõe sobre a entrada e permanência de animais domésticos em estabelecimentos comerciais onde se manipulem, beneficiem, preparem, vendam ou fabriquem produtos alimentícios como restaurantes, lanchonetes, bares, supermercados ou similares.

O vereador defende na justificativa do projeto que os animais domésticos fazem bem à saúde física e emocional dos seres humanos, mas é muito importante de que alguns cuidados sejam tomados, principalmente para que haja harmonia na relação desses animais com a sociedade. “O pêlo, a saliva, as patas, as fezes e a urina dos animais domésticos abrigam diversos microorganismos capazes de provocar doenças como a raiva, lepstopirose, leximaniose, verminose, escapulariose, micoses, entre outras doenças. Por isso a importância deste projeto”, diz Dr. Sandro ao justificar a a ideia não é punir animais e proprietários de estabelecimentos, mas sim criar regras para harmonizar o convívio de animais em determinados locais”, aponta. A exceção são os cães guias, que tem o livre acesso, pois prestam um relevante serviço a sociedade.

Apresentado em sessão ordinária, o projeto segue para as comissões permanentes da Câmara, para apreciação dos vereadores.

Veja também:

  1. Dr. Sandro propõe Projeto Piloto na área de saúde
  2. Dr.Sandro apresenta projeto para denominar CRENA
  3. Projeto para divulgação dos medicamentos aprovado
  4. Projeto de Lei tornando obrigatório a divulgação dos medicamentos disponíveis
  5. Dr.Sandro apoia projeto socioesportivo