Meu nome é Sandro Roberto Hoici, médico urologista a 17 anos em Nova Andradina, eleito vereador em 2008 e reeleito em 2012. Criei este blog para tratar de assuntos de saúde e também prestar contas sobre meu trabalho na Câmara Municipal.

Destaque

Campanha Saco é um Saco

Campanha

Saco é um saco


Participe você também!

Citação

“Não tentes ser bem sucedido, tenta antes ser um homem de valor.”
por Albert Einstein

24
set

Dr. Sandro sugere a criação do Departamento de Direitos das Pessoas com Deficiência

Simbolos Deficientes

     Promover a igualdade e a cidadania a fim de garantir a inclusão social e a ativa participação das pessoas com deficiência na sociedade. Este é o objetivo do vereador Dr. Sandro Hoici, ao propor que o município crie um Departamento de Direitos das Pessoas com Deficiência. A proposta, apresentada em sessão ordinária da Câmara de Nova Andradina, fortalece a convicção de que ao Poder Público está reservado o permanente desafio de propiciar condições e de instituir mecanismos destinados a reforçar o respeito, reafirmar a dignidade e promover a equiparação de oportunidades.

     “Considero imprescindível propor a criação de um departamento específico, investido de funções que tenham por objetivo implementar políticas públicas e efetivar ações voltadas à plena integração das pessoas com deficiência”, defende.

     Com a criação do departamento, atividades de planejamento, coordenação, supervisão, controle e execução das ações destinadas à tutela desse contingente serão centralizadas. A ideia é que haja atuação harmônica entre as secretarias e outros órgãos da administração. Na mesma perspectiva, caberá ainda ao novo departamento a articulação com entidades da sociedade civil vinculadas à causa da pessoa com deficiência, propondo parcerias para a execução de metas, programas e projetos que visem a melhoria da qualidade de vida desse segmento.

20
set

21 de Setembro: Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência

 

21 de Setembro: Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência      O Dia Nacional de Luta das Pessoas Deficientes foi instituído pelo movimento social em Encontro Nacional, em 1982, com todas as entidades nacionais. Foi escolhido o dia 21 de setembro pela proximidade com a primavera e o dia da árvore numa representação do nascimento das reivindicações de cidadania e participação plena em igualdade de condições. A data foi oficializada através da Lei Federal nº 11.133, de 14 de julho de 2005.
     Esta data é comemorada e lembrada todos os anos desde então em todos os estados; serve de momento para refletir e buscar novos caminhos e como forma de divulgar as lutas por inclusão social.

     No Brasil, segundo o IBGE, 14,5%  da população tem algum tipo de deficiência (algo em torno de 24,5 milhões de pessoas). Os direitos dos deficientes estão garantidos na Constituição Federal de 1988 e o Brasil tem uma das legislações mais avançadas sobre os direitos das pessoas com deficiência, das quais destacamos algumas:

  • Lei Federal  nº 7.853, de 24/10/1989, dispõe sobre a responsabilidades do poder público nas áreas da educação, saúde, formação profissional, trabalho, recursos humanos, acessibilidade aos espaços públicos, criminalização do preconceito.
  • Lei Federal  nº 8.213, 24/07/1991, dispõe que as empresas com 100 (cem) ou mais empregados devem empregar de 2% a 5% de pessoas com deficiência.
  • Lei Federal  nº 10.098, de 20/12/2000, dispõe sobre acessibilidade nos edifícios públicos ou de uso coletivo, nos edifícios de uso privado, nos veículos de transporte coletivo, nos sistemas de comunicação e sinalização, e ajudas técnicas que contribuam para a autonomia das pessoas com deficiência.
  • Lei Federal nº 10.436, 24/04/2002, dispõe sobre  o reconhecimento  da LIBRAS-Língua Brasileira de Sinais para os Surdos

Estes avanços foram frutos de muita luta e enfrentamentos e muita vontade de transformar. Muito há que se fazer, para que estas leis saiam do papel, trazendo igualdade para todos os cidadãos.

15
jul

Dr. Sandro solicita programa de subsídio de material escolar

Material Escolar A educação é a base do desenvolvimento e do progresso. É através deste princípio que o vereador Dr. Sandro Hoici propôs ao Executivo por meio de indicação parlamentar, que seja criado um programa de subsidio de material escolar para atender crianças de família de baixa renda e que estejam matriculadas na Rede Municipal de Educação.

Segundo o vereador, é necessário criar um programa definido, onde sejam estabelecidas regras claras e orçamento, para que um número maior de crianças carentes sejam beneficiadas. “Assim, possibilitaremos uma forma de inclusão educativa e reafirmaremos o compromisso com as políticas públicas de educação”, defende.

12
jul

PL declara de utilidade pública associação do bairro Vila Operária

Zé Teixeira, Fabiana de Jesus Andrade, Edison Clementino Pereira, da Associação de Moradores do Bairro Vila Operária Na sessão desta terça-feira (29/06), o deputado estadual Zé Teixeira apresentou projeto de lei que declara de utilidade pública a Associação de Moradores do bairro Vila Operária, com sede em Nova Andradina.

A entidade atua em defesa dos interesses dos moradores do bairro e da sociedade, trabalhando para promoção de atividades inerentes às condições sociais, sanitárias e econômicas da comunidade

A associação foi fundada em abril de 1993 sem fins lucrativos para promover e contribuir para a formação e desenvolvimento da  vida comunitária de seus moradores, promover o desenvolvimento humano, cultural e social.

Karin Seben

09
jul

Dr. Sandro quer inclusão de Nova Andradina no programa de Eficiência Energética

Geladeiras - Programa de Eficiência Energética Durante sessão ordinária desta segunda-feira, o vereador Dr. Sandro Hoici apresentou indicação pedindo a inclusão de Nova Andradina no programa de Eficiência Energética. Segundo o vereador, o programa de iniciativa da Enersul beneficia desde 2000, várias cidades do Estado, atendendo a famílias de baixa renda.

Considerando a importante iniciativa da Enersul, Dr. Sandro apresentou indicadores que colocam o município como um dos mais importantes do Estado, como o fato de ser cidade pólo, ter o 7º PIB e o mesmo índice populacional. "Desde 2009 estou tentando trazer esse programa para o município. Estarei lutando por Nova Andradina na próxima reunião que decidirá o município beneficiado", declarou Dr.Sandro

O programa tem o objetivo de buscar formas eficientes e racionais no uso da energia, em que, através de estudo técnico, busca na comunidade mais carente, as residências com maiores deficiências nessa área. As residências escolhidas são beneficiadas com a substituição da fiação elétrica, troca de lâmpadas e de geladeira.