Meu nome é Sandro Roberto Hoici, médico urologista a 17 anos em Nova Andradina, eleito vereador em 2008 e reeleito em 2012. Criei este blog para tratar de assuntos de saúde e também prestar contas sobre meu trabalho na Câmara Municipal.

Destaque

Campanha Saco é um Saco

Campanha

Saco é um saco


Participe você também!

Citação

“Aja antes de falar e, portanto, fale de acordo com os seus atos”
por Confúcio

27
nov

Vamos Tocar nesse assunto.

Pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia, mostra que 47% dos homens entrevistados nunca fizeram exames para detectar o câncer de próstata. A pesquisa mostra ainda que apenas 23% fazem o exame anualmente.

O câncer da próstata é um problema muito sério. Se você tem mais de 45 anos, consulte um médico urologista para fazer exames preventivos pelo menos uma vez por ano.

31
out

VAMOS TOCAR NESSE ASSUNTO

art sandroO câncer de próstata é o segundo que mata mais homens no Brasil, perdendo apenas para o câncer de pele não-menaloma. Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa é de que, só em 2013, 60 mil novos casos sejam diagnosticados. 

Para evitar o aumento desses números, foi criada uma campanha similar ao Outubro Rosa, que tem por objetivo combater o câncer de mama entre as mulheres. É o Novembro Azul, celebrado durante o mês mundial de combate ao câncer de próstata. O objetivo do movimento, promovido pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, é combater a doença e, principalmente, motivar a população masculina a fazer exames preventivos. 

O Movimento Novembro Azul faz parte da Campanha “Um Toque, Um Drible”, que busca promover uma mudança de paradigmas em relação à ida do homem ao especialista e à realização do exame de toque. As ações para 2013 serão lançadas no próximo dia 15 de outubro, no espaço da Reserva Cultural.

As ações do Novembro Azul 2013 contam com o apoio de diversas entidades, como a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) e a Fundação José Silveira (FJS). “A campanha tem sido referência na missão de orientar a população masculina a cuidar melhor da saúde e procurar o médico com mais frequência. Os homens são mais resistentes à ideia de ir regularmente ao urologista e, por isso, acabam descobrindo a doença em estágio já avançado”, diz Marlene Oliveira, presidente do Instituto Lado a Lado pela Vida. 

No encontro, que contará com a presença da filósofa Marcia Tiburi, do oncologista Fernando Maluf e do presidente da Sociedade Brasileira de Urologia,  Aguinaldo Nardi, serão divulgados os últimos dados levantados sobre o câncer de próstata no Brasil e o detalhamento das ações da campanha Novembro Azul em todo país, como palestras, intervenções em estádios de futebol e sinalização de prédios públicos de azul. 

O auge da campanha acontece no dia 17 de novembro, Dia Nacional de Combate ao Câncer de Próstata, quando serão realizadas ações educativas em cidades como São Paulo, Bahia e Natal. “O foco é levar ao conhecimento de homens e mulheres os dados sobre a doença e as formas de prevenção, com o objetivo de aumentar as chances de cura e diminuir o número de mortes”, alerta Marlene. 

Na ocasião, também haverá o lançamento do portal Lado a Lado pela Vida, uma nova plataforma que reúne todas as ações e projetos da organização. 

Sobre o Câncer de Próstata
A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. É ela que produz parte do sêmen. Quando as células deste órgão começam a ser multiplicar de forma desordenada ocorre o câncer. A próstata fica, então, mais endurecida e a doença é facilmente descoberta no exame de toque retal.
Segundo dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer):
- 65% dos homens com câncer de próstata têm mais de 65 anos
- 70 anos é a idade média do diagnóstico
- 77 anos é a média de idade na qual ocorrem as mortes provocadas pela doença
- A doença é a 15ª causa de mortes no Brasil

Sobre o Instituto Lado a Lado pela Vida
O Instituto Lado a Lado pela Vida é uma instituição brasileira sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), idealizada em 2008 com sede na cidade de São Paulo.
Sua missão é levar ao cidadão leigo conhecimento sobre a saúde em diversas esferas: informação, apoio, conscientização, prevenção, inclusão social, quebra de paradigmas e preconceitos, sempre com foco na humanização da  saúde, a fim de promover informação de qualidade, reflexão, debate e todo e qualquer tipo de prática que objetive o bem-estar.
As ações são desenvolvidas em espaços abertos (áreas de grande circulação pública) e fechados (empresas, hospitais, entre outros), além de contextos urbanos e rurais, e possuem abrangência local e nacional. São utilizados diferentes meios de comunicação e de sensibilização do público-alvo, como materiais informativos próprios, recursos lúdicos e artísticos, oficinas, portais eletrônicos, mídias sociais, sites e blogs.

Fonte: cartaodevisita.com.br

12
ago

SAÚDE DA PRÓSTATA

 

imageO QUE É PRÓSTATA?

É uma glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis.

QUAL A FUNÇÃO DA PRÓSTATA?

A função da próstata é produzir um líquido que é eliminado durante o ato sexual juntamente com os espermatozoides, os quais tem origem nos testículos.

Este líquido produzido pela próstata é muito importante para a vitalidade dos espermatozoides na fecundação.

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS QUE PODEM ACOMETER A PRÓSTATA:

1) Aumento da Próstata chamado de Hiperplasia Prostática Benigna (H.P.B).

Sintomas:

• Sensação de não esvaziar a bexiga após terminar de urinar

• Aumento da frequência urinária

• Jato urinário fraco e interrompido

• Dificuldade de urinar

• Necessidade de fazer força para urinar

Tratamento: Medicamentoso, Cirúrgico: podendo ser cirurgia aberta, endoscópica ou robótica.

2) Prostatite:

Sintomas:

  • Febre
  • Tremores
  • Fraqueza
  • Dor no canal uretral
  • Urgência para urinar

Características da Urina:

    • Escura
    • Cheiro forte
    • Pode ter sangue

    CÂNCER DE PRÓSTATA

    É um dos cânceres mais comuns no Homem após os 40 anos de idade, segunda causa de morte por câncer no homem, aumenta o risco com a idade, não tem sintomas nas fases iniciais.

    Sintomas Suspeitos: Dor lombar; problemas de ereção; dor na bacia ou joelhos e sangramento na urina.

    Diagnóstico: Toque retal associado a dosagem de uma proteína no Sangue (PSA), ultrassonografia e biópsia da próstata.

    O tratamento depende do estágio em que estiver o câncer.

    Se a fase do câncer for inicial, o tratamento cirúrgico associado, ou não a radioterapia pode curar em até 90% dos casos.

    Se o câncer já envolveu órgãos vizinhos, a cirurgia é descartada e o tratamento é de hormônioterapia (oral ou injetável), e radioterapia ou associação dos dois tratamentos. Neste estágio as chances de cura são bastante reduzidas.

    Quando a doença já apresenta disseminação (metástases) a distancia, acometendo ossos, fígado pulmão, etc., o único tratamento que nos resta, é o paliativo, feito através de analgésicos e hormônioterapia.

    Os homens com 45 anos, ou mais, mesmo que não apresentem sintomas devem fazer seus exames preventivos com seu médico Urologista.

    SE OS EXAMES FOREM NEGATIVOS, ISSO É GARANTIA DE QUE NÃO HAJA CANCER?

    Não. Cerca de 20% dos homens com câncer de próstata sintomático apresentam um PSA normal. Dependendo da região da próstata, o câncer também não pode ser palpável pelo toque retal.

    A melhor estratégia é realizar os dois exames (toque e PSA), já que são exames complementares.

    O CÂNCER DA PRÓSTATA PODE SER PREVINIDO?

    Sim. Manter uma alimentação saudável, não fumar, ser fisicamente ativo e visitar regularmente seu médico, contribui para a melhoria da saúde em geral e pode ajudar na prevenção deste câncer e de várias outras doenças.

    Assim, o melhor remédio ainda é a prevenção.

    image

     

     

     

    Autor: Sandro Roberto Hoici – Médico Urologista da Rede Municipal de Saúde de Nova Andradina, pós-graduado na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto – FAMERP – site drsandro.org

    17
    fev

    Hiperdia na Nova Casa Verde é marcada com palestra do Dr.Sandro

    Dr.Sandro esteve na manhã da última quinta (16) na Nova Casa Verde participando do Hiperdia, programa realizado pelo ESF do local, que tem como objetivo orientar, acompanhar e distribuir medicamentos para pacientes portadores da hipertensão arterial. O programa faz reuniões mensais no Salão da Paróquia São Pedro e São Paulo, sempre as quintas-feiras, onde reune em média 80 pacientes.

    Além de falar a respeito da hipertensão, o programa sempre aborda outros assuntos relacionados à saúde, e nesse dia o tema foi a saúde da próstata, onde Dr.Sandro ministrou palestra falando dos principais sintomas, problemas e formas de tratamento das enfermidades que acometem o orgão, como também deu dicas de como levar uma vida saudável, além que responder à vários questionamentos do público presente.

    A equipe do ESF Nova Casa Verde que realizou os trabalhos é formado pelo Dr.Antônio, Luciana, Cleodenice, Cleonice, Eliana, Elisangela, Lucilene, Marisia e Rosenilda.

    17
    nov

    Nova descoberta oferece esperança para a prevenção do câncer de próstata

    Segundo pesquisa inglesa, mutação genética causada pelo hormônio masculino desencadeia a doença

    Doutor Yong-Jie Lu, do Institute of Cancer, Barts and The London School of Medicine and Dentistry Cientistas podem ter encontrado a chave para prevenir o câncer de próstata, de acordo com uma nova pesquisa, publicada na revista Cancer Research.

    Um homem morre a cada hora em decorrência do câncer de próstata. Depois do câncer de pulmão essa doença é a segunda causa de morte mais comum em homens.

    Agora, uma equipe de pesquisadores da Queen Mary, Universidade de Londres, descobriu que um alto nível de "andrógenos"- quimicamente relacionados com hormônios sexuais masculinos que ajudam o sistema reprodutor funcionar – desencadeiam uma alteração genética específica na próstata que pode provocar o desenvolvimento do câncer.

    Esta alteração genética é a fusão de um gene condutor de andrógeno com um gene de tumor – oncogene. Quando estes dois genes se unem, eles ativam o desenvolvimento do câncer. Este gene de fusão é uma das principais causas de câncer de próstata e foi encontrado em mais da metade de todos os cânceres de próstata.

    Esta descoberta revela uma compreensão crítica da forma como se desenvolve o câncer de próstata, mas também representa uma oportunidade para prevenir a ocorrência de câncer de próstata, aprendendo a controlar os níveis de andrógenos.

    O pesquisador chefe, Lu Yong-Jie, do Instituto do Câncer, em Barts and The London School of Medicine and Dentistry, comenta que esta é uma descoberta muito importante e um grande avanço na prevenção da doença. "Se pudermos aprender a controlar e gerenciar os níveis de andrógenos, há uma forte possibilidade de que sejamos capazes de ajudar milhares de homens, especialmente aqueles em alto risco a partir de uma história familiar de câncer de próstata".

    Para Rebecca Porta, da Orchid, "a cada ano mais de 35 mil novos casos de câncer de próstata são diagnosticados no Reino Unido. Agora, mais do que nunca precisamos melhorar a nossa compreensão da doença e identificar novas formas de tratar e controlar a situação. O trabalho do doutor Yong-Jie Lu é um passo importante nessa direção".